A hipótese humana – livro policial histórico brasileiro

Alberto Mussa é um escritor carioca e mestre em linguística com a dissertação O papel das línguas africanas na história do português do Brasil. Seu grande destaque literário é o Compêndio Mítico do Rio de Janeiro, série de cincos novelas policiais, uma para cada século de história do estado: O trono da rainha Jinga, O senhor do lado esquerdo, A primeira história do mundo, A hipótese humana e A biblioteca elementar (a ser escrita).

Meu primeiro contato com a literatura do Mussa foi através do A hipótese humana, livro que recebi em parceria com a Editora Record. Me interessei principalmente por ser um escritor brasileiro contemporâneo que eu ainda não conhecia. Me surpreendi muito com a proposta do livro, do Compêndio Mítico como um todo, e com a escrita do autor.Continue lendo

7 curiosidades sobre romance policial

Em 1983, a pesquisadora Sandra Reimão publicou, através da Coleção Primeiros Passos (Editora Brasiliense), o livro O que é romance policial. A obra apresenta as características do romance policial, seus principais autores, e traça também a trajetória do gênero literário desde Edgar Allan Poe e seu detetive Dupin até o Raymond Chandler e o seu Philip Marlowe.

É um guia inicial interessante para os fãs. Encontramos dicas de leitura e curiosidades a respeito do gênero e dos seus primeiros autores.

Continue lendo

O legado de Capitu

Um livro com o título O legado de Capitu deveria chamar atenção de todo fã de literatura brasileira e principalmente dos fãs de Machado de Assis. Eu como me encaixo nas duas categorias, resolvi ler a obra escrita pelo poeta e crítico literário Flávio Aguiar, que tem coedição da Boitempo e e-galáxia.Continue lendo