Filmes

13 filmes brasileiros preferidos da vida

O dia 19 de junho foi escolhido para comemorar o Dia Nacional do Cinema Brasileiro pois foi nessa data, em 1898, que foram feitas no Brasil as primeiras imagens com a tecnologia do cinematógrafo, pelo italiano Affonso Segretto. Mas (porque por aqui sempre tem um “mas”) há também a data 05 de novembro para homenagear a primeira exibição cinematográfica feita no Rio de Janeiro, em 1896.

Laerte-se

Laerte-se é o primeiro documentário brasileiro da Netflix. Dirigido por Eliane Brum e Lygia Barbosa da Silva, o filme conta como foi (e ainda está sendo) o processo de transformação e autoaceitação da cartunista Laerte como uma mulher transgênero.

Enquanto faz reforma na casa e decide se coloca ou não implante nos seios, Laerte vai contando de forma sincera e bem-humorada sobre esse processo íntimo e libertador que é se aceitar e se mostrar ao mundo de verdade. E apesar de não gostar de ser objeto de pesquisa e foco de atenção, a cartunista não deixa de expor para as câmeras algumas de suas verdades e medos.

Sessão romances clássicos na Netflix

No último feriado, eu resolvi fazer uma sessão de romances clássicos na Netflix. Não quis ver documentários (para me sentir mais inteligente), nem comédias românticas (para terminar com aquele sorrisinho no canto da boca). Eu queria ver mesmo aquele amor romântico, meio exagerado, naquele tempo que as pessoas ficavam em dúvidas entre nome/ dinheiro x amor/ felicidade. É triste, é bonito. Os apaixonados por dramas históricos vão me entender.

Navigate