Skip to content →

Categoria: Diário

Sobrevivendo ao caos

Você já deve ter visto em várias redes sociais algumas tirinhas em que uma pessoa pergunta para outra se ela está bem. A gente sempre costuma responder que está bem. Mas, ultimamente, estamos sendo obrigados a deixar as aparências de lado e dizer que não, não está tudo bem.

O Brasil está passando por uma crise política intensa e qualquer pessoa que se preocupe com o futuro democrático do país não está bem. Os verbos atuais são resistir e lutar.

Deixe um comentário

obcecada & encantada

[uma nota sobre a última leitura]

Antes de terminar de ler Só Garotos eu já estava obcecada&encantada por Patti Smith (poeta, cantora, fotógrafa, escritora, compositora e musicista norte-americana), Robert Mapplethorpe (fotógrafo), e todos que passaram pela vida deles. Foi inevitável parar várias vezes durante a leitura para pesquisar fotos e ouvir músicas (estou ouvindo agora Dream of life). Eu nem sou fã de punk rock, mas eu queria saber quem era essa mulher que um monte de mulher bacana falava que era sensacional.

4 comentários

Um papo sobre ser estudante de EAD e o curso de Letras

Minha segunda opção para faculdade sempre foi Letras. Mas dei prioridade ao curso de Comunicação/Jornalismo e eu amei a experiência. Em 2017, após algumas mudanças na vida, resolvi cursar Letras com português e inglês. Escolhi fazer EAD para ter mais liberdade com os horários de estudo e não ter a obrigação de ir todos os dias para a universidade.

4 comentários

Post todo dia em abril/2017

Que tal post todo dia em abril?

Pois é! Decidi fazer BEDA (blog every day in april) e trazer mais dicas de livros, filmes, séries, bem-estar, organização e produtividade para quem acompanha o Geraldas. E, claro, me desafiar a publicar 30 posts durante o mês. É um desafio bem grande para quem trabalha mais de 8 horas por dia e ainda perde um tempinho com engarrafamento na louca e amada Salvador.

22 comentários

As coisas boas de fevereiro/2017

Fevereiro é um mês curto e quando tem feriado, ele fica menor ainda. Foi um mês complicado pra mim. Mas é na complicação, quando o peito sufoca e a barriga queima (ansiosos entenderão), que a gente resolve que é hora de se movimentar. Sendo assim, apesar de tudo, fevereiro foi bom porque tomei decisões importantes para 2017 e algumas delas estão baseadas em:

5 comentários