[artigo] LEIA MULHERES: LEITURA LITERÁRIA E RESSIGNIFICAÇÃO DA SUBJETIVIDADE FEMININA

Resumo: As subjetividades fabricadas pela cultura patriarcal e pelo capitalismo sobre o ser mulher refletem na construção que a mulher faz de si mesma. Essas subjetividades demarcam papéis sociais que devem ser exercidos pela mulher como mãe, esposa e dona de casa. Neste artigo proponho mostrar a contribuição das leituras literárias realizadas no Leia Mulheres – Salvador no processo de desconstrução dessas subjetividades fabricadas. Para tanto me basearei nos estudos de Lajolo e Zilberman (2011), Guattari e Rolnik (1986), Agamben (2009), Petit (2013) entre outros. Além de entrevistas com duas participantes do projeto. Nota-se que o Leia Mulheres pode ser um desmonte da leitura como dispositivo do poder capitalista patriarcal e também um início para a ressignificação do ser mulher. Continue lendo

PLANNER 2019 – Setembro

2019 é o terceiro ano do planner do blog! Agradeço muito a você que escolheu passar os dois últimos anos se organizando com a gente! 😉

Em 2019, para cada mês haverá uma palavra em destaque. Cada palavra representa o desejo para aquele mês. Veja:Continue lendo

“O conto da Aia” é tema da 22ª edição do Clube do Livro Alagoinhas

O Clube do Livro Alagoinhas convida a todas e todos para conversar sobre o livro “O conto da aia”, da escritora canadense Margaret Atwood. Publicado em 1985, o romance distópico serviu de inspiração para a série homônima produzida pelo canal de streaming Hulu em 2017.  O encontro acontece no dia 21 de setembro, às 16h, no Centro de Cultura, e tem entrada gratuita.Continue lendo

Planner 2019 – Agosto

2019 é o terceiro ano do planner do blog! Agradeço muito a você que escolheu passar os dois últimos anos se organizando com a gente! 😉

Em 2019, para cada mês haverá uma palavra em destaque. Cada palavra representa o desejo para aquele mês. Veja:Continue lendo

Essencialismo | “Menos porém melhor”

“Menos porém melhor” é uma frase que encontrei no livro “Essencialismo”, de Greg McKeown

Essa leitura me fez pensar bastante em minimalismo, um movimento amado e odiado em todo mundo. Mas para além de termos e categorias fechadas, seja minimalismo ou essencialismo, todos esses movimentos apontam para uma vida com significadoContinue lendo

Organização das leituras do mestrado

Utilizo fichários e arquivos para organizar as leituras do mestrado de modo analógico. Costumo comprar material de papelaria na Kalunga, Login, Papel e Cia, Le Biscuit e na Atlas. 

O arquivo/fichário é catalogado por temas ou disciplinas. Coloco mais de um tema ou disciplina em cada arquivo/fichário e utilizo divisórias de fichário para separação.Continue lendo

Planner 2019 – julho

2019 é o terceiro ano do planner do blog! Agradeço muito a você que escolheu passar os dois últimos anos se organizando com a gente! 😉Continue lendo

Podcast e livro brasileiros | #JGindica

O podcast “Proibido fritar pastel”, produzido pela escritora e filósofa Liliane Prata em parceria com o escritor Gael Rodrigues, é um dos podcasts mais maravilhosos para mim porque mistura compartilhamento de experiências pessoais, literatura, filosofia e sotaques. Continue lendo