Skip to content →

A tradução da dor e do imaginário

No último dia 18, aconteceu na Caixa Cultural de Salvador o lançamento da FLICA – Festa Literária de Cachoeira. O evento recebeu os escritores Cristovão Tezza e Ronaldo Correia na mesa temática “A tradução da dor e do imaginário”, que teve mediação do crítico literário Cristiano Ramos.

No evento Tezza comentou que a infelicidade resulta em literatura, mas a literatura dá o troco e produz felicidade. E Ronaldo defendeu que todo escritor busca preencher uma grande falta. Os dois escritores comentaram também sobre o que é fazer literatura com temas fortes como a dor e a perda. E ao final, Ronaldo fez um pedido emocionado e bonito para todos: leiam brasileiros!

Confira no vídeos alguns momentos do bate-papo:

Publicado em Literatura

Comentários

Deixe um comentário: