Dia: 1 de maio de 2015

3 séries que abandonei

Sempre rola uma dor no coração quando vou abandonar uma série. Mas desapegar é importante e ao longo desses anos de seriadora, abandonei algumas tramas que no início eu cheguei a jurar amor eterno. Separei 3 para compartilhar com vocês: Covert Affairs “Annie Walker (Piper Perabo) terminou seu treinamento na...

Por enquanto agora – Maria Christina Monteiro de Castro

Maria Christina Monteiro de Castro é jornalista, mineira, e publicou “Por enquanto agora”, seu primeiro livro, pela editora Apicuri, em 2012, aos setenta anos. Sabe quando você senta para conversar com algum parente mais velho e ele começa a te contar os momentos vividos na juventude? O papo é sempre...

Frances Ha

Frances Ha é uma comédia dramática dirigida por Noah Baumbach e tem como atriz principal Greta Gerwig. O filme, todo em preto e branco, estreou no Brasil em agosto de 2013 e foi uma das mais aguardadas produções do cinema independente americano do ano. Aluna de uma companhia de dança,...

3 vezes (e para sempre) Manoel de Barros

No dia 13 de novembro de 2014, o mundo perdeu o poeta das miudezas, Manoel de Barros. O poeta que ensinou a importância de transver o mundo e o valor das coisas desimportantes. Nascido em Mato Grosso, Manoel morreu aos 97 anos e ao longo da sua carreira literária publicou 28 livros...

Garota Exemplar – Gillian Flynn

Quando me deparei com o título Garota Exemplar, de Gillian Flynn,  até cogitei a hipótese de ser um romance cheio de amores ideais ou a história de uma garota certinha. Mas, fui pesquisar um pouco e logo encontrei a frase “O casamento mata”. Bem, aí eu já comecei a me...

Leia Mia Couto no seu celular e tablet

A LeYa lançou um aplicativo para android e IOS, que pretende reunir a vida e obra de alguns escritores de língua portuguesa. Os usuários terão acesso a biografia, agenda, fotos e vídeos, livros e ebooks, citações e amostras de obras, além de espaço para deixar mensagens para o autor. O...

A visita cruel do tempo – Jennifer Egan

Quando o tempo bate na sua porta. Não tem escapatória. Basta olhar-se no espelho, tentar lembrar-se de um acontecimento do passado, dançar mais de duas horas seguidas. Que lá estarão as marcas dessa visita. Ele chega e detalhe, ele avisa. Os segundos, minutos, os dias, meses, anos vão passando. E...