Maus – Art Spiegelman

A palavra alemã Maus significa rato. Quando reli o quadrinho, publicado no Brasil pela Companhia das Letras em 2005, para escrever esta resenha não consegui tirar da cabeça uma propaganda nazista, divulgada na Alemanha durante a ascensão do Nazismo, que mostra um celeiro infestado de ratos e como solução para o controle da praga um recipiente com veneno; em seguida surgem na cena diversos judeus, aparentemente ricos, e a pergunta: como exterminamos uma praga? A resposta: um tubo de gás, o mesmo que mataria milhões de judeus durante a 2ª Guerra Mundial. A obra, premiada com um Pulitzer, narra a vida de Vladek Spiegelman, pai do autor Art Spiegelman, durante os piores momentos da política antissemita na Alemanha e nos países ocupados durante a Guerra. No quadrinho, os personagens são retratados como animais: os americanos são cachorros, os poloneses porcos, os nazistas gatos e os judeus ratos.Continue lendo

Touched by Auschwitz

Touched by Auschwitz é um documentário produzido pela BBC, em 2015, narrado pelo ator Samuel West, que conta a vida de seis sobreviventes do holocausto. Um milhão de pessoas não saíram vivas de Auschwitz – campo de concentração para onde foram levados os oito moradores do Anexo Secreto e milhares de judeus e não judeus – mas Giselle, Halina, Hernan, Tadeusz, Freda e Max sobreviveram e tentaram reconstruir a vida após viver um dos períodos mais chocantes da história mundial.Continue lendo

O diário de Anne Frank

Anne Frank nasceu em 12 de junho de 1929 e morreu no campo de concentração Bergen-Belsen, aos 15 anos, vítima do nazismo.

Seu diário emociona até hoje pessoas no mundo inteiro e relata os anos que viveu junto com sua família no Anexo Secreto, sótão de uma casa em Amsterdã, para fugir dos alemães. A casa hoje é o museu Anne Frank House e faz parte do Programa Memória do Mundo da UNESCO.Continue lendo

[SNT #3] 70 anos do fim do holocausto

Em  2015 o mundo lembra os 70 anos do fim do holocausto, um dos períodos mais horríveis da história mundial. No dia 27 de janeiro de 1945 as tropas soviéticas chegaram para acabar com as atrocidades sofridas pelos judeus e demais povos presos em Auschwitz, o maior e mais terrível campo de concentração da época nazista. Estima-se que um milhão de pessoas não saíram vivas de lá. Foi uma fase de intolerância e muito sofrimento. Hoje a data, 27 de janeiro, é considerada o dia internacional da lembrança do holocausto.

Mas apesar de tudo algumas pessoas sobreviveram e contaram ao mundo suas histórias e a de seus familiares e amigos. A 3ª edição do SNT vai trazer algumas das produções que retratam o período nazista. Em vídeo comento sobre O diário de Anne Frank, livro que conta a história de uma adolescente judia que morreu aos 15 anos. Anne ficou famosa no mundo inteiro e até hoje emociona a todos com seus relatos sobre a época em que viveu escondida com a família para tentar fugir dos alemães.Continue lendo