Skip to content →

Tag: livros

As coisas boas de junho/2017

Junho, o mês FFF – férias, frio e forró. Por aqui esse foi o clima geral do mês. Passei junho no interior (na verdade, ainda estou aqui) e foi um período de frio, chuva, fumaça, comidas típicas juninas, forró, licor, família e velhos amigos. Mas, claro, que foi um mês de excelentes leituras, filmes e séries. E é sobre essas coisas boas culturais que vou comentar hoje.

6 comentários

Leituras de junho/2017

Um mês quase todo de leituras digitais! Sou uma super incentivadora dos e-books. Meu foco é sempre a história, a narrativa, e só depois vem o formato. Óbvio que há livros que gostaria de ter a edição impressa em casa, mas já faz um tempo que esse desejo é apenas um detalhe e não um motivo para adiar a leitura de uma obra.

No vídeo comento quais foram as leituras de junho/2017. Confira e me diga também o que você leu durante o mês. 😉

Deixe um comentário

#AmandoJorge – Leitura compartilhada de Dona flor e seus dois maridos

Em 2016, comecei o projeto literário #AmandoJorge, em parceria com a Isabela Libório, do blog Le it Be(La), para ler as obras do escritor baiano Jorge Amado em ordem cronológica. Li apenas dois livros: O país do Carnaval e Cacau. Já havia lido do autor Gabriela, cravo e canela, Capitães da AreiaA morte e A morte e a morte de Quincas Berro d’Água. 

4 comentários

Dívidas literárias – ler precisa ser uma obrigação ou competição?

Eu tenho uma lista de dívidas literárias com autores e livros que gostaria de ler antes de morrer. Sim, antes de morrer. Não há dramas. Só vontade de conhecer grandes nomes da literatura mundial antes de partir dessa pra melhor, como diz minha Avó.

10 comentários

Coisas boas da semana #5: vídeos no YouTube

Vou voltar com a série de posts “Coisas boas da semana” com o objetivo de compartilhar aqui no blog o conteúdo que vejo por aí e acho legal trazer pra cá também. Vou tentar sempre separar por tema ou formato.

Nos últimos dias, tive um tempo para ver mais vídeos no YouTube. Algo que eu adoro mas que é preciso ter certo cuidado, se não entramos naquele mundo e é super difícil de sair. E como estou tentando ao máximo gerenciar meu tempo nas redes sociais, busco entrar com calma por lá.

Deixe um comentário

Ideias para o feriado

Veja a série Anne with an E

Anne consegue enxergar beleza em tudo e tem o dom de fantasiar a realidade. De início podemos achar um pouco irritante e exagerado o jeito de ser da menina, mas com o tempo percebemos que Anne usa a fantasia para fugir da realidade cruel que viveu até os seus 13 anos. Ela desde cedo precisou trabalhar como criada na casa de grandes famílias e passou por experiências traumáticas para uma criança.

2 comentários