Um amor extra forte, por favor

Desde o princípio, a vida se transforma conforme a incidência de luz; as pessoas, com a chegada de outras. Uma chegada é um enigma.

A condição indestrutível de ter sido (Helena Terra)

Na literatura temos autores especialistas em romances românticos, nos quais os personagens passam por alguns conflitos, mas no final eles vão viver o “feliz para sempre”, um exemplo é o autor Nicholas Sparks, sucesso de vendas. Entendo até o motivo do sucesso, afinal um pouco de esperança faz bem.

Mas em contrapartida ao amor romântico, alguns autores preferem histórias mais reais, com separações, desilusões, perdas, conflitos. E como disse o professor Schianberg, personagem do livro de Marçal Aquino, alguns amores podem nos levar à ruína, ou seja, nem sempre teremos o final feliz como esperado.Continue lendo

Qual a função da literatura?

Na edição de janeiro/2015 do Jornal Rascunho, Gustavo Czekster escreveu o ensaio Espelho negro em que questiona sobre a função da literatura. No início do texto, Czekster conta a história do livro Os Lusíadas, de Luís de Camões. Camões precisou escolher entre o livro e a amada, e “ao salvar Os Lusíadas, Camões tratou o livro como um objeto vivo, pensando nas dezenas de vidas que poderiam ser influenciadas pela sua obra. Ele não conseguiria viver sem a sua criação. É possível inclusive que tenha nadado ainda com mais afinco, sabendo que carregava consigo não um aglomerado de versos ou um pacote, mas a própria alma.”Continue lendo

Desenhos em livros antigos

Formato Galeria

 

Reaproveitar é a ideia do século atual. Tudo que podemos reutilizar para ajudar o meio-ambiente é válido e quando essa reciclagem vira arte, melhor ainda! Visitando o Tumblr encontramos o artista Loui Jover, que mora na Austrália e faz desenhos com tinta em páginas de livros antigos.Continue lendo

LEGO e literatura

Formato Galeria

 

O blog da livraria britânica Waterstone criou um concurso em fevereiro/2014 para promover o lançamento do The LEGO movie. A ideia foi unir duas paixões: a literatura e o LEGO. Os clientes foram convidados a criar seu momento preferido de algum livro utilizando as peças coloridas do brinquedo e publicar no Twitter, Facebook ou Vine com a hashtag #LEGOLit.Continue lendo

[Livro & Filme] O menino no espelho

O que você quer ser quando crescer?

Acredito que na infância, a gente escute essa pergunta muitas vezes e é quase uma obrigação ter uma resposta antes dos 16 anos. Engraçado é que só descobri o que queria ser com quase 18 anos. Não queria saber de ser adulto antes disso, queria saber era de ser criança.

Talvez venha daí o meu amor por livros infantis, Manoel de Barros, Alice no País das Maravilhas, Peter Pan e a curiosidade imensa de conhecer a história do menino no espelho.

E foi como se Fernando Sabino pegasse na minha mão e falasse: – vem cá, deixa eu te contar todas as aventuras que vivi quando criança.

O menino no espelho, livro publicado em 1982 (Editora Record) por Fernando Sabino (1923-2004), reúne histórias sobre a infância do escritor. As aventuras de um garoto mineiro que se deixava levar pela imaginação e vontade de viver os encantos da infância. São lembranças algumas vividas, outras apenas imaginadas.Continue lendo

Visite o museu Casa de Cora Coralina

O Era Virtual, no ar desde 2008,  é uma rede de museus virtuais e tem como objetivo divulgar e promover os museus brasileiros e seus acervos.

Em constante mutação, a plataforma interativa de visitação virtual aos museus que adotamos tem como principal objetivo ampliar consideravelmente o alcance sociocultural das exposições. A estratégia baseia-se em dois pilares: modernizar a linguagem com intuito de potencializar a comunicação com as crianças e jovens e democratizar o acesso utilizando-se da internet e da distribuição gratuita de dvd-roms. No processo de transposição do real para o virtual sempre quisemos e buscamos um modelo de visitação em que o internauta pudesse “entrar” no espaço a ser experienciado, além de brincar e jogar. Um videogame do mundo real com conteúdo educativo.

Continue lendo

Estrutura do livro: Folha de guarda

Formato Galeria

Lembro que uma vez passeando pela timeline do Twitter, a Juliana Gomes compartilhou o tumblr We heart endpapers e comentou algo mais ou menos assim: parece que esse pessoal também gosta de folha de guarda. Fiquei curiosa porque não me recordo de ver esse termo em nenhum lugar e por ser um link de tumblr, microblog que reina inspiração e coisa bacana, cliquei e entendi do que se tratava.

Primeiro, folha de guarda é uma parte do livro; Segundo, como eu não sei disso?; Terceiro, vamos resolver esse problema.Continue lendo

Desenhos minimalistas de autores

Formato Galeria

O inglês Sean Ryan criou o projeto “Badly Drawn Authors” em que faz retratos minimalistas e divertidos de autores. O projeto já tem, pelo menos, 60 desenhos de escritores internacionais famosos no formato de cartão, com aproximadamente 12×17 cm, e verso na cor branca para que você possa presentear e escrever uma mensagem para um booklover. É possível comprar os cartões no site Etsy.

Apesar de não ter os desenhos em formato de pôster, podemos fazer uma decoração bacana colocando-os em molduras coloridas ou p&b em uma parede de escritório, biblioteca ou sala.

Biblioteca de Literaturas de Língua Portuguesa

Formato Galeria

 

Biblioteca digital e gratuita com textos integrais de obras do Brasil e de Portugal desenvolvida pelo NUPILL– Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Linguística e o LAPESD – Laboratório de Pesquisa em Sistemas Distribuídos da Universidade Federal de Santa Catarina. Possui obras digitalizadas, assim como dados biobibliográficos dos autores brasileiros e portugueses. “Nosso acervo é uma rica fonte de pesquisa sobre história literária, sendo possível realizar pesquisas a respeito dos autores, das obras publicadas, datas de publicação, editoras, gênero das obras, entre outras”.

Para ter acesso não precisa fazer cadastro, mas se o fizer poderá criar anotações nas obras lidas e também ler as de outros usuários.

>> Acesse: Biblioteca de Literaturas de Língua Portuguesa