Exposição “O Sertão de João Machado” | Caixa Cultural Salvador

Está em cartaz, até dia 13 de maio, na Caixa Cultural Salvador, “O Sertão de João Machado”. A exposição apresenta 35 fotografias do baiano de Xique-Xique, João Machado.

As imagens são vibrantes e trazem muito da beleza quente e viva do sertão nordestino. Além de representar as memórias da infância do fotógrafo e as histórias do seu pai, um romeiro de Bom Jesus da Lapa. Como disse a curadora Mônica Maia, “muito se diz sobre a fotografia ser a extensão do olhar, mas aqui estamos diante da imagem como extensão do coração.”

E por falar em extensão do coração, a fotografia preferida de João é “Galo”, feita em Xique-Xique, em 2010, é um registro da sua última viagem realizada com o irmão caçula. E para mim, fotografia também é uma porta para imaginação e criação. Sendo assim, minha imagem preferida é “Casa de pau a pique”, feita em Pau D’arco, em 2015. Fiquei a imaginar por quantas gerações esse vestido passou, quais são as histórias das mulheres que o vestiu, e se ele secava lágrimas de alegria ou de tristeza.

“O Sertão de João Machado” tem coordenação geral da Frida Projetos Culturais, curadoria de Mônica Maia, e realização da DOC Galeria. Se você é de Salvador ou estiver em Salvador até o dia 13 de maio, visite a exposição na Caixa Cultural.

+ infos:

Data: 07/03/2018 a 13/05/2018
Horário: de terça a domingo, das 09 às 18h
Local: Galeria Arcos
Entrada: gratuita

Exposição em homenagem a Dona Canô | Caixa Cultural Salvador

Está em cartaz, até o dia 27 de maio, na Caixa Cultural Salvador, a  exposição “Ser Feliz é Para Quem Tem Coragem” em homenagem a Dona Canô. Conhecida por muitos como a mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia, Claudionor Viana Teles Veloso vai além do título de mãe dos artistas, ela é até hoje símbolo de força e delicadeza na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, aliás em toda Bahia.

 

Quem visita a exposição na Caixa Cultural quer ficar lá, sentado, ouvindo os depoimentos, lendo os relatos dos filhos e amigos. É um espaço aconchegante, bonito, delicado, cheio de afeto. Impossível não se emocionar.

Alguns fatos interessantes da vida de Canô que descobri ao visitar a exposição: sua madrinha é Nossa Senhora da Purificação; Canô foi a primeira mulher a usar calça em Santo Amaro e usou uma masculina que pegou emprestado do Tio Sinhô, além disso foi também a primeira mulher a dirigir em Santo Amaro. Ela era retada!

Canô faleceu em 2012, no dia do Natal, aos 105 anos, e deixou para todos uma lição: Ser feliz é para quem tem coragem, famosa frase que dá título a exposição.

“Ser feliz é para quem tem coragem – Dona Canô chamou” é uma realização da Tom Tom Produções Artísticas com produção da Via Comunicação e Eventos. Se você é de Salvador ou estiver em Salvador até o dia 27 de maio, visite a exposição na Caixa Cultural.

+ infos:

Data: 01/03/2018 a 27/05/2018
Horário: de terça a domingo, das 09 às 18h
Local: Caixa Cultural Salvador | Rua Carlos Gomes, 57 – Centro – Salvador – BA | Galeria Mirante
Entrada: gratuita