Commonplace book | Caderno de referências 2018

Sendo assim, sempre usei um caderninho para anotar as ideias, comentários, resumos e fichamentos dos livros, filmes e séries que costumo ler/ver. E também faço anotações das palestras e cursos que participo.

Em 2017, passeando pelo blog da Thais Godinho, o Vida Organizada, que pra mim é referência nos temas organização e produtividade, encontrei o termo Commonplace book, ou como a Thais chamou Caderno de referências. Ou seja, o meu caderninho para anotações sobre os comentários do que leio e vejo por aí tem um nome e é uma ferramenta antiga para registro de conhecimento.

Commonplace books são basicamente livros ou cadernos criados por uma pessoa onde ela anota ou registra trabalhos de outros, porém com suas próprias palavras, junto com observações pessoais de aprendizado. São basicamente uma maneira de agrupar conhecimento “pessoal” usando um mesmo caderno…

A estrutura do Commonplace book é bem simples. E você pode usar tanto um caderno, como qualquer ferramenta digital. Em 2018, quero continuar usando o caderno de papel porque para mim funciona melhor.

Vou estruturar meu caderno de referências conforme as imagens abaixo:

  1. Capa: quando finalizar o caderno vou colocar o período que passei utilizando, exemplo: 04/01 a 04/06/2018
  2. Índice: para organizar os temas e facilitar a pesquisar depois
  3. Página de registro: categoria, assunto, data
  4. Final de cada página: numeração

E você também já fazia algo semelhante? Me conte nos comentários! 😀

 

Espalhe “Commonplace book | Caderno de referências 2018” por aí! 😉