As coisas boas de março/2017

Março – o mês que durou uma década. Você também teve essa sensação?

E às vezes eu acho essa questão de tempo bem complexa. Veja bem, março durou uma década, mas nós já estamos em abril de 2017! Deu pra entender a complexidade?Continue lendo

Oficina Tecendo o Ano Novo

Já estamos no segundo mês de 2017. Janeiro passou voando! Mas eu não deixei ele passar sem que eu pegasse uma carona. Aproveitei o mês para refletir sobre o meu 2016 e planejar o ano novo. Mas eu acredito que todo dia é dia de mudança. Não precisa um ano iniciar para mudar hábitos, repensar planos, traçar metas e objetivos. O seu ano novo, você faz quando quiser. Porém somos apegados às datas comemorativas e é bom embarcar nessa onda de renovação que muita gente acredita. Quando o mundo todo vibra por boas mudanças, as chances delas acontecerem são maiores.Continue lendo

Deixa ir…

Uma palavra que entrou recentemente pro meu vocabulário da vida foi “destralhar”, que significa, no geral, se desfazer de coisas (roupas, objetos, etc) que estão acumuladas em casa sem nenhum uso.

Continue lendo

Seja o máximo que deseja ser agora

Escrevo esse texto um dia após a tragédia da Chapecoense. Um dia triste que marcou a história do futebol brasileiro e também de todo mundo que não é insensível à vida. Houve de tudo nesse dia 29/11, lágrimas, piadas, oportunismo, mas na minha timeline ganhou disparado a mensagem de que “a vida é um sopro”.Continue lendo

Seja sincero com você

Acredito que todo mundo, alguma vez na vida, teve medo de expor os sentimentos. De mandar aquela mensagem pro crush falando “quero você aqui agora” com medo de fazer papel de trouxa. De dizer “não” pra um grande amigo com medo de decepcioná-lo. Quantas coisas deixamos de fazer/dizer com medo da reação do outro e do mundo todo?Continue lendo

A Impermanência

Haverá um dia em que o trem sairá do trilho. Muitos vão pensar ser um desastre, mas ao final de tudo será apenas um susto. Ninguém esperava e aconteceu. Todos vão ficar bem e seguir em frente com a vida.

Não podemos controlar tudo, desde máquinas ao tempo. A previsão diz que vai fazer sol e quando você sai de vestido, cai um temporal. A gente jura por Deus que no ano novo vai ser tudo diferente, mas às vezes as coisas fogem do nosso controle e nem tudo sai como previsto.Continue lendo

Os nossos encontros e desencontros

Quantas vezes a gente se perde e se encontra na vida?

Não sei. E me parece inútil ter um número exato. Eu já me senti perdida várias vezes e sigo perdida, mas sigo tentando me encontrar. Hoje tenho algumas certezas que não tinha aos 15 anos e sei que nos 30 essas certezas podem não existir mais.Continue lendo

Vícios solitários

Experimente organizar um dia inteiro para você. Não estou falando apenas de momentos de beleza e cuidados com o corpo, mas um momento de intimidade e sossego. Ir para cozinha e fazer algo especial pensando apenas no seu gosto, com bastante pimenta ou tempero. Escolher um vinho que não combina com a comida, mas é o preferido. Ouvir aquele CD brega que seus amigos não curtem, porém é um dos favoritos e te traz boas lembranças.Continue lendo