Querida Geraldine,

Você lembra dos conselhos que saíram na semana passada no “minuto de sabedoria”?

O primeiro foi: Faça tudo com amor.

E parece que essa ideia de “fazer com amor” tem nos perseguido. No livro Grande Magia, a Elizabeth Gilbert fala que precisamos colocar amor em tudo. E que se fizermos aquilo que realmente temos vontade, e não o que nos outros esperam, estaremos fazendo com amor. O universo percebe e retribui.

O segundo foi: Não deixe ninguém tirar a sua serenidade. 

A oração da serenidade diz que devemos aceitar as coisas que não podemos mudar e ter coragem para mudar as coisas que podemos. Para colocar isso em prática, tenha sempre em mente: ninguém é responsável pela nossa felicidade, além de nós mesmos. O problema que o outro tem com você não é seu. É dele. Não controlamos o mundo mas podemos controlar o nosso mundo. Isso tudo nos manterá serenas.

Cola aí um post-it com os dois conselhos e do lado coloca também: tudo é questão de permissão. Permita-se fazer e faça com amor. E não permita que tirem a sua paz. É que às vezes a gente esquece, daí vem o minuto de sabedoria para nos lembrar. E reza a lenda que ele só nos mostra aquilo que precisamos ler.

Fique bem.

Jeniffer

 

 BEDA2016

10 Comentários

  1. Quando alguém está tentando me tirar to sério, meu último recurso é tentar desligar do que a pessoa está falando enquanto tento lembrar a letra inteira de Faroeste Caboclo da cabeça (eu não gosto de legião, mas como a música é historinha E longa, dá pra comer tempo e saber quando errou). #tecnicas

    • Jeniffer Geraldine Reply

      HAHAHAHA RI ALTO
      ótima técnica. vou adotar!

  2. Joice Barreto Reply

    Não mudo uma vírgula. Costumo dizer aos meus: ” nós somos donos da nossa própria energia e mais ninguém pode ter poder sobre ela sem ser nós mesmo”.

  3. Fiquei interessada em ler Grande Magia!
    Sabe que essa coisa de não agradar somente aos outros, e sim a nós mesmos?! Eu não lembro se foi aqui que comentei, mas eu demorei muito para perceber isso na minha vida rs Desculpa se estou contando historinha repetida. Mas isso aconteceu num momento meio maluco e posso dizer que nem foi apropriado hahaha Aquelas ideias que temos em qualquer lugar e vemos que afinal de contas, estamos certas.
    Eu estava indo para a academia. E eu não me maquio, nem vou com a melhor roupa. Eu vou com uma roupa confortável, cabelo bem preso (pq o cabelo é liso demais e fica soltando, o que é um saco), e sem maquiagem nenhuma. Aí parei no meio do caminho, literalmente, e pensei em voltar pra casa, pensando “que menina mais desleixada. Todo mundo vai ficar te olhando por vc estar assim”. Aí fiquei uns dois minutos parada na calçada analisando a vida HAHAHA
    Até que cheguei à conclusão de que quem cuida da minha vida sou eu, e que ninguém paga minhas contas para eu ter a melhor roupa de academia do mundo kkkk Que olhem, que reparem. Não tô nem aí.
    E a partir desse dia comecei a pensar assim. Não me importo mais com o que as pessoas ficam pensando de mim. Esses pensamentos destrutivos só fazem mal a nós mesmos, se decidimos aceitá-los. Mas é um exercício diário rs
    Beijos!

    • Jeniffer Geraldine Reply

      Dani, acho que vc pode gostar de Grande Magia.
      É tão bom quando a ficha cai, né?
      Não devemos nada a ninguém! O que vale é aquela paz interior.
      bjs

Deixe um comentário:

Navigate