Para ler e ver no final de semana #3
minha estante era patriarcal demais
à moda antiga

Para ler e ver no final de semana #3

minha estante era patriarcal demais

à moda antiga

“Se for menino não vai usar rosa não”

O ano era 2017. E a frase que ouvi de um futuro pai foi “se for menino não vai usar rosa não”.

A gente até perdoa quando olha pro contexto social e familiar da pessoa e lembra que vivemos em um país muito machista. Mas ao mesmo tempo eu fico pensando: até quando vamos achar que usar determinada cor vai influenciar na orientação sexual de alguém? Até quando vamos dizer que rosa é coisa de menina e azul é coisa de menino?

Suburra – a luta pelo poder em Roma

Suburra – Sangue em Roma, a primeira série italiana da Netflix, é inspirada em um livro de mesmo nome, dos autores Giancarlo De Cataldo e Carlo Bonini. Além de ser um prólogo do filme Suburra, de 2015. Sua trama se desenvolve a partir de uma disputa imobiliária. Um gângster conhecido como Samurai quer transformar Ostia, uma cidade litorânea perto da Itália, na nova Las Vegas.

Mindhunter – o início da psicologia criminal no FBI

Quando selecionei os lançamentos da Netflix para o mês de outubro, me deparei com a série Mindhunter. Ao ler a sinopse (sempre fraca que a plataforma faz) associei ao grande sucesso Criminal Minds e pensei: mas já temos uma série que estuda a mente dos criminosos.

Porém sou fã da temática e fui conferir o possível diferencial de Mindhunter. Devo dizer logo: maratonei e já quero a segunda temporada!

Casamento Ana Paula e Marcelo: da sala de aula para o altar

Em setembro, recebi a missão de ser madrinha de casamento da minha tia caçula. Foram dias intensos e movimentados entre a escolha do vestido vermelho, a confecção do convite, os saquinhos de arroz e a organização geral da festa. E nos últimos segundos, antes do grande dia, fizemos um ensaio fotográfico. Não estava nos planos (peguei até uma câmera emprestada do primo Cello) e fazia tempo que eu tinha saído para fotografar qualquer coisa. Foi uma experiência boa e divertida. Me reencontrei com a fotografia e bateu aquela vontade de tirar a poeira da minha Canon.

Navigate