Organização pessoal: métodos e aplicativos

Em 2016, vários motivos me levaram a buscar métodos, aplicativos, leituras e cursos sobre organização e desenvolvimento pessoal. Comecei a perceber que para trabalhar em tempo integral, ler livros, ver as séries e os filmes, manter um blog e ainda ter vida social, eu precisava me organizar, eliminar alguns hábitos e criar outros. Não é algo fácil. Não acontece da noite pro dia, mas é algo que a gente vai trabalhando e conquistando aos poucos. E cada pequena conquista é uma grande vitória e alegria pessoal.

Em janeiro de 2017 precisei mudar minha rotina matinal. Tinha que acordar mais cedo que o normal, me arrumar, tomar café e pegar ônibus e dois metrôs para não chegar atrasada no trabalho. A primeira semana não foi fácil, mas na segunda consegui e, olha, fiquei muito orgulhosa de mim.

O que eu fiz? Já tinha o hábito de deixar tudo arrumado na noite anterior, mas às vezes procrastinava. Então passei a me “policiar”, tinha que decidir na noite o que ia vestir, e o que ia comer no café da manhã para deixar algo semi-pronto. Está funcionando! Dá até para ver o jornal local da manhã ou assistir algum vídeo no YouTube. 🙂

Mas além de alguns hábitos, estou utilizando alguns métodos e aplicativos para organização. São eles: o Google Agenda, Bullet Journal, Planner e Evernote. No vídeo abaixo comento um pouco sobre como estou usando cada um desses métodos.

Se ficou interessado por algum dos métodos e deseja que eu comente mais um pouco, é só falar nos comentários! 😉

+ produtividade, – procrastinação pra nós! 😉

Me acompanhe também no  Facebook l Twitter l YouTube l News

4 Comentários

  1. Amei o vídeo! Uso o google keep para anotações mais rápidas do dia a dia, como afazeres diários, alguma receita, etc… e uso o evernote para organização de projetos, estudos etc.
    <3

    • Jeniffer Geraldine Reply

      Ah, que massa! Você é #teamevernote <3

  2. Pingback: Planner do Geraldas – abril, maio e junho de 2017

  3. Pingback: Organização e produtividade com ferramentas do Google

Deixe um comentário:

Navigate