O que é lugar de fala? | Djamila Ribeiro

Vocês decidiram e eu tive uma das melhores leituras do semestre, sem dúvidas. 💜

Vou usar o clichê, pequeno em tamanho, enorme em conteúdo.

Leitura interessante para nos fazer pensar sobre: descolonização do conhecimento e pensamento; interseccionalidade; os feminismos e a importância do feminismo negro; e o lugar de fala (lugar social) de cada um. Djamila Ribeiro (e as autoras que ela traz no livro), nos faz refletir sobre de que lugar (locus social) falamos?

Não são as nossas vivências pessoais mas o que podemos ou não viver de acordo com nosso lugar social, que é marcado por raça, gênero, classe social e orientação sexual. Inclua na sua lista “O que é lugar de fala?”.

E vamos ficar de olho na coleção “Feminismos Plurais”, da Editora Letramento, porque tem muita coisa boa!

 

Espalhe por aí:

3 Comentários

  1. […] o assunto é apenas política. Eu nunca gostei do tema, mas a gente cresce, cria consciência do lugar social que ocupa no mundo, estuda, adquire conhecimento, e fica impossível não se […]

  2. […] do Brasil. A obra de mesquinha e humilde não tinha/tem nada. Só que Firmina sabia o seu lugar de fala na sociedade da época, ela era mulher e negra. Ela era o ninguém do ninguém. O Outro do Outro, […]

  3. […] a orientação sexual, não importassem, mas importa. Somos seres marcados socialmente e nosso lugar social diz até onde podemos […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *