O mundo precisa da sua poesia

Oi,

Eu sei que não anda nada fácil. É aquele lance de expectativas, né?! Bate aquela ansiedade no peito de uma hora pra outra, às vezes você nem percebe o motivo. Dia desses mesmo, pensei: leia livros, não crie expectativas. Mas depois pensei de novo, a gente cria expectativa até com livros. Complicou.

Também tem a questão da pressão social, né?! Todo mundo acha que existe um roteiro na vida para ser seguido. E ainda o roteiro é meio que igual para geral. Muda só o endereço. Esse “todo mundo” precisa entender que cada pessoa é um mundo. Não dá pra seguir roteiro, não dá ser igual a quem está do lado. É bem clichê falar sobre isso. Mas “todo mundo” ainda não entendeu. Tem a questão do tempo de cada um. Tem a questão de que somos diferentes e queremos coisas diferentes. Ouvi no documentário Embrace, na Netflix, a Harnaam Kaur dizer que “temos que celebrar o fato de sermos diferentes e isso, por si só, é bonito”. E não é verdade?!

E também tem a questão da autocrítica, né?! Somos tão duros com a gente porque queremos superar as expectativas e atender às pressões sociais. Enfrentar a autocrítica é um grande desafio pessoal. Conhecer a si mesmo é um grande desafio pessoal. Mas não tenha medo de se conhecer e de se reconhecer. Vai ter o lado bom, vai ter o lado ruim. Pondere a autocrítica. Já tem gente demais nos criticando que quando voltarmos o olhar para nós mesmo, faz-se necessário um olhar de afeto e compreensão. Até porque quando a gente tem esse olhar pra dentro também temos para fora.

Sabe o que também sei, e que às vezes confesso é difícil de internalizar, tudo tem seu tempo, todo mundo tem seu lugar. E o mundo precisa da sua poesia seja ela de qual ritmo for.

Bjão

Espalhe “O mundo precisa da sua poesia” por aí! 😉

2 Comentários

  1. NHAAA, que texto mais lindo <3 Gostei muito dele, achei importante.
    Por mais que algumas pessoas falem sobre cada um ter seu próprio tempo eu acredito que muitas delas não praticam de fato isso. A gente se cobra demais pelas coisas pq "com essa idade sua mãe já trabalhava", enfim ❤

    Carol Justo | Pink is not Rose

Deixe um comentário:

Navigate