Notas de novembro/2021

Novembro foi um mês bom! Graças! Claro que eu digo isso olhando totalmente para minha vida. E acho que tá tudo bem fazer isso. 🙂

No mês passado eu entrei em um modo ensaio. Comecei a fazer testes de rotina, a pensar o que quero para 2022, reavaliei hábitos e por aí vai. Bem naquela pegada de “então é Natal. E o que você fez?”.

Trouxe algumas notas interessantes para compartilhar por aqui. Deixarei as notas culturais (sobre livros, filmes e séries) para outra publicação. 

Piriguetagem literária

Decidi diminuir a quantidade dos livros que leio ao mesmo tempo. É bem louco falar isso porque sou uma piriguete literária assumida. Mas eu senti necessidade de ir devagar com as leituras. E resolvi atender. Tem algo que funciona demais comigo quando assisto séries: maratonar. Eu entro no mundo da série do momento, uma imersão mesmo, saio fazendo pesquisas, lendo comentários de outros fãs. E percebi que estava sentindo falta de fazer algo assim também com os livros. Estava sempre cronometrando meu tempo de leitura para passar para o próximo livro da pilha. Eu não estava realmente engajada na leitura. Fora a sensação de ansiedade e de aceleração que não faz bem para quem já tem uma mente agitada (risos). Agora eu estou lendo 2 livros por vez mas um é de ficção e outro de não-ficção. Estou no início desse experimento de uma leitura mais imersiva e devagar. É um desafio para uma pessoa que tem gostos diversos. Mas é um desafio que eu quero tentar cumprir.

Voltei para o Bullet Journal

Passei alguns dias pesquisando uma agenda para 2022. Não encontrei exatamente como queria. Muita gente me indicou fazer um planner em caderno argolado. Eu tentei, no início de 2021, mas não deu muito certo. Até que decidi parar de pesquisar e voltar ao bullet journal. Justamente por conta dessas reflexões de ano novo e pensando na pessoa que eu quero ser em 2022, acredito que o bujo é o que mais combina. Sempre vejo esse método como uma oportunidade de exercer a criatividade e também de manter a calma e diminuir o ritmo. Afinal precisamos sentar e montar as páginas. É também um ótimo momento para usar canetas coloridas, adesivos e coisas do tipo. Eu amo! Acho que vai me fazer super bem manter o bujo em 2022. E eu já comecei o ensaio em dezembro.

Slow para transformar

Já faz um tempo que busco ter uma vida mais organizada, leve e essencialista. Dois cursos me ajudam a construir esse estilo de vida, o MVO, da Thais Godinho, que entrei em 2020, e o Slow para Transformar, da Bruna Miranda, que iniciei em 2021.

Todas essas mudanças recentes de diminuir o ritmo estão sendo reforçados pelos estudos Slow. Inclusive, além das leituras, também reduzi a quantidade de curso que faço ao mesmo tempo. Neste momento, sigo apenas com o Slow para transformar.

Dose 2 da vacina e lazer fora de casa

Tomei minha segunda dose da vacina! Ô glória! Com isso me senti um pouco confortável de voltar a frequentar lugares que gosto. Fui para o cinema ver Querido Evan Hansen e almocei com amigos no Shopping. Mostrei tudo em vlog. E também fui no meu bar favorito de Alagoinhas. Estava com saudades de sentar num barzinho, ouvir umas músicas legais e dar risadas com as amigas.

Te desejo um bom dezembro!

Espalhe por aí:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *