Skip to content →

Minha primeira vez: Séries

 

Comecei a ver séries no SBT. Não ligava muito pra dublagem e muito menos para os títulos dos seriados. Só conhecia o que passava lá e do jeito que eles exibiam, afinal não tinha internet de qualidade e nem TV a cabo. Naquela época, por volta dos meus 15 anos, Malhação ainda era sucesso e fazia gosto ver novela, mas mesmo assim os seriados chamavam minha atenção. Quando passei a estudar de noite, já com 17 anos na Faculdade, as madrugadas eram das séries A Sete Palmos, Angel, O Corvo e Carnivàle. Ficava pirada quando passava episódio repetido, só que acabava assistindo do mesmo jeito.

As tardes e hora do almoço, assim como as manhãs de domingo eram com O maluco no pedaço e Três é demais (Full House). Já sabia de cabeça todos os episódios. E quer saber algo engraçado? Nunca terminei de ver nenhuma das séries que citei até agora. Gostava delas, do ritmo, da história, mas nunca me importei em finalizá-las.

Já com Felicity, Veronica Mars, The OC e Friends a situação foi diferente. Friends é um dos meus seriados favoritos da vida, mas ele só entrou pra lista tem uns dois anos porque foi quando finalmente revi toda a série com calma e sem me preocupar com horário marcado (#SantaNetflix). The OC eu nunca cheguei a ver o final mas foi porque os spoilers acabaram com a graça e eu me recusei a ver, mas mesmo assim a série me marcou. Veronica Mars é meu amor: uma adolescente detetive! <3 Fiz questão de fazer o download em RMVB de todos os episódios e finalizei a série deitada numa cama de solteiro ao lado de um notebook quente. Amor demais!

E Felicity é meu amor maior! Pra mim não vai ter série adolescente melhor que essa. Talvez a série da moça de cabelos cacheados tenha conquistado um lugar tão especial na minha vida porque quando peguei toda a série para ver de verdade (após o download em RMVB), eu estava em uma cidade nova, longe dos meus pais e vivendo com amigos. Ou seja, rolava uma identificação enorme! E a história é muito boa, apesar de não aprovar 100% o comportamento da protagonista. Tenho vontade de ver tudo de novo e ainda sinto saudade da companhia do seriado (coisa que só os malucos por séries podem entender).

E relembrando tudo isso, percebi que não vejo mais nada parecido com as produções que citei aqui. Ok, o gosto pelo sobrenatural e policial continuam. Não vejo nenhuma série de comédia e nenhum drama adolescente (o último foi Gossip Girl). Mas todos eles foram importantes porque me fizeram amar o formato e querer consumir outras séries. Só fico em dúvida se agradeço ao SBT ou a elas. 😀

E você gosta de séries? Me conta aí nos comentários sobre a sua primeira vez! 😉

BEDA2016

 

 

 

Publicado em Dicas Séries

8 comentários

  1. SBT: devemos TANTO ao Silvio! Que homem. Ele colocou todas essa gente na nossa vida (e com os melhores nomes, AMO ~um estranho no paraíso~). Eu também fui iniciada no SBT (Gilmore Girls foi lá, amor a primeira vista).

    Felicity tentei várias vezes, mas nunca tive paci~encia, talvez fosse muito nova na época. E Veronica Mars não era o tipo de série que dava pra ver fora de ordem e me perdi. Três é Deamis estou revendo no Netfliz agora (<3) e sei que vou dar uma olhadinha quando estreiar The OC também.

    SDDS também: Amor Fraternal e Eu, aPatroa e as Crianças (quantos almoços a gente dividiu!)

    • Jeniffer Geraldine Jeniffer Geraldine

      Silvio, melhor pessoa <3
      MENINA, Amor fraternal nem lembrava mas costumava ver alguns eps soltos.
      Melhores almoços!

  2. Oi, Jeniffer 🙂
    Me identifiquei bastante com o seu texto. Também comecei a minha vida de consumidora de séries bem novinha e com a ajuda do SBT. No caso, quando eu tinha uns 12, 13 anos e assistindo Smallville. Só depois que o canal começou a repetir exaustivamente as duas primeiras temporadas é que eu fui descobrir que passava na Warner e aí, comecei a assistir por lá e tinha que fazer uns esquemas meio loucos para saber que horas que passava, que dia reprisava, etc. Aquelas coisas de uma época sem as praticidades da Netflix, lembra? E foi por causa da Warner que comecei a expandir as séries, porque o canal passava The O.C. e também Supernatural. Depois descobri LOST, Friends e quando me dei conta, já tinha largado Malhação, haha.

    Até hoje nunca terminei Full House e Um Maluco no Pedaço, mas meus almoços depois da escola eram muito divertidos por causa delas. As duas estão na Netflix agora, né? Vou ver se corrijo isso. Outra que eu amava era Eu, a patroa e as crianças <3
    The O.C. é amorzinho demais, não sei lidar com meus sentimentos quando falo da série. E que pena que você pegou spoilers :/
    Também assisti Veronica Mars em RMVB e no computador. AMO DEMAIS. E você chegou a ver o filme que lançaram há uns anos? Foi tão emocionante <3
    Adorava Angel e Buffy, mas também nunca consegui terminar. Um dia, quem sabe, né?
    Preciso conhecer Felicity porque sei que vou amar, todo mundo me recomenda.
    Como você disse que não encontra mais séries adolescentes como as de antigamente (e eu concordo), vou indicar duas que assisti há uns anos e achei uma delicinha: Dawson's Creek e One Tree Hill (essa passava no SBT aos domingos com o nome Lances da Vida). 🙂

    Desculpe o comentário enorme, mas é que eu me empolgo quando vejo posts que falam de coisas que eu gosto, hehe! Ah, e eu adorei o post 🙂

    Beijos,
    Michas

    • Jeniffer Geraldine Jeniffer Geraldine

      Eta comentário lindo! <3
      Vi o filme da Veronica. Fiquei tão feliz de ver todos novamente.
      Na época da minha adolescência, morava no interior da Bahia e não tínhamos tv a cabo. Nem sabia o que era warner hahaha Demorei p conhecer esses canais.
      Mas Smallville era um dos seriados que assistia tb. Lembro de reunir os primos p assistir. Só que o SBT não cooperava, né? Eps repetidos na maior parte das vezes =/ Mesma coisa com Supernatural. Acabei pegando agonia das duas séries por causa das reprises rs
      Ai, veja Felicity. Supeer indico!
      Dawson's Creek e One Tree Hill - cheguei tb a ver alguns eps no SBT. Vou procurar na Netflix. Se tiver, com certeza verei. Esse post me deu saudades daquele tempo.

      beijos e obrigada pelo comentário.

  3. Vy Vy

    Nossa, vi muita série no SBT! Inclusive aquelas do domingo a noite, haha! Blossom, Eu, a Patroa e as Crianças e Um Maluco no Pedaço são séries que me lembram o almoço na época da escola, quando meu pai queria ver jornal a gente comia correndo pra ir ver série no quarto. Hoje em dia eu ligo mais pra dublagem, mas quando algo é bom, não tem dublagem que estrague! Também não vi o fim da maioria das séries que passaam no SBT, mas quem se importa?

    • Jeniffer Geraldine Jeniffer Geraldine

      Éeee tinha Blossom e Eu, a Patroa e as crianças tb. Gostava das duas <3
      Pois é... quem se importa? rs

  4. Vê você falar de malhação quando era sucesso foi uma nostalgia deliciosa. Eu amava sem fim! Também assistia a algumas séries, mas nunca terminava porque sempre tive preguiça mesmo, não sei me prender a algo por muito tempo.
    Mas acho que já disse umas mil vezes a você que somente uma série me tomou por inteiro: Dawson’s Creek. Levanto a bandeira mesmo!

    Felicity é uma vontade que vem e passa. Só Jesus na minha causa (rs.).

    Beijos, Jen.
    Diego, Blog Vida & Letras
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com

    • Jeniffer Geraldine Jeniffer Geraldine

      Menino, eu nem acredito que você não é ligado em séries hahaha
      Veja Felicity. Nunca te pedi nada.
      beijos

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: