Minha mãe é uma peça – Paulo Gustavo

Depois do grande sucesso no teatro e no cinema, a personagem Dona Hermínia, criada pelo ator e comediante Paulo Gustavo, ganhou histórias inéditas em livro publicado pela Editora Objetiva. Com textos escritos com a participação de Ulisses Mattos e Fil Braz, a obra ainda é recheada de fotos da personagem e ilustrações.

As dezesseis histórias giram em torno da vida de Dona Hermínia que, como vocês devem saber, são seus filhos, Marcelina e Juliano, mas também a dona de casa comenta sobre diversos assuntos, como sexo, bebidas, dietas, viagens, a vida dos famosos, internet, divórcio, vizinhos e religião. Dei boas risadas com “Bebida (nada) liberada”, “Guia de viagem de Dona Hermínia”, “As aventuras de Dona Hermínia no ciberespaço”, “Divagando sem divã” e “Intimidade com Deus”.

– Tá, mãe. Pode deixar que eu nunca iria cair no golpe da loura.
– Mas disso eu não tenho a menor dúvida. Tô só conversando com você. Eu estaria preocupada se fosse um louco atrás de um fígado.
– Ih, mãe! Lá vem você!
– Você tem é que se cuidar é com o Boa Noite, Cinderela. É quando o rapaz na boate põe uma coisa na sua bebida, vai pra sua casa e rouba tudo.
– Ah, mãe! Você não tem que se preocupar com essas coisas, não.
– Eu me preocupo, sim. Porque você não tem sua própria casa! Se você leva esse golpe roubam é minhas coisas!
– Fui, mãe! Tchau!
Ih, mas essas crianças não sabem bater papo , né? Vou voltar para minha internet. – pag 97

O livro é, sem dúvidas, um presente do Paulo para seus fãs. É mais uma boa dose da mãe que conquistou o Brasil e tem tantas semelhanças com várias mães que podemos encontrar por aí. Os textos são leves, cheios de humor e levam para o papel o “jeitinho” de ser de Dona Hermínia, que já conhecemos do palco e da tela.

Você pode gostar também de

Deixe uma resposta