#LeiaBrasileiros Ferrugem – Marcelo Moutinho

Todo início de semana escolho um livro para me acompanhar nos trajetos trabalho – casa/ casa – trabalho. É o meu companheiro de ônibus/metrô. Aproveito as horas que passo no trânsito para ler. E um dos meus últimos escolhidos foi o livro de contos Ferrugem, do carioca Marcelo Moutinho, que recebi em parceria com o Selo Catálogo Literário, do Grupo Editorial Record.

Ferrugem traz 13 contos com histórias de pessoas comuns porém singulares. Elas podem passar despercebidas, mas compõem a alma da cidade do Rio de Janeiro, cenário dos contos de Moutinho que me deixaram com saudade da cidade maravilhosa.

Meus contos preferidos são: 362 – se passa num ônibus e a cobradora dá conselhos amorosos. Quem utiliza ônibus como transporte todos os dias sabe que pode acontecer muita coisa entre uma viagem e outra; Gandula – fala sobre sonhos usando como exemplo o futebol; Something – sobre música e memórias afetivas; Jantar a dois – um jantar romântico que esconde os verdadeiros sentimentos do casal e reforça a ideia de que as aparências enganam; Três apitos – a personagem principal é portadora do vírus HIV e o conto mostra como a sociedade costumar ver e tratar os soropositivos.

São histórias simples, sem grandes acontecimentos e reviravoltas, mas que prende pela proximidade com o drama da vida real. Vai gostar de Ferrugem quem consegue ver a beleza do cotidiano.

Espalhe “#LeiaBrasileiros Ferrugem – Marcelo Moutinho” por aí!