Leia Mulheres Salvador

Acredito que uma das maravilhas da internet é a possibilidade de fazer parte de projetos incríveis, mesmo que haja uma grande distância física. Conheci tanta gente bacana, graças ao Instagram, Youtube, Twitter e o Blog. Desde então, tento participar de clubes de livros online, leituras compartilhadas, projetos literários legais que independente da proposta o objetivo principal é ler.

Fico motivada quando vejo uma foto com quote interessante no Instagram. Me faz querer pegar o livro e continuar a leitura. É que eu levo muito a sério aquele lance do “juntos podemos mais”.

Sempre acompanhei de longe o projeto Leia Mulheres. E um belo dia, a Ilmara Fonseca, do blog Conversa de Livro, me chamou para organizar o Leia Mulheres Salvador. Óbvio que aceitei na hora. E já somos cinco baianas organizando o clube. Além de mim e da Ilmara, tem também  Eduarda Oliveira, do blog Maquiada na Livraria, a Paula Janay e a Joana Mutti. Nosso objetivo é facilitar o encontro de pessoas interessadas em ler e compartilhar ideais sobre livros escritos por mulheres.

A 1ª edição será no dia 23 de janeiro, às 14h, na Livraria Leitura, do Shopping Bela Vista. No encontro vamos conversar sobre Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie.

Marque sua presença no evento do Facebook e participe do grupo para acompanhar as novidades.

americanah_salvador

Leia MulheresPara 2014 a escritora Joanna Walsh propôs o projeto #readwomen2014 (#leiamulheres2014) que consistia basicamente em ler mais escritoras. O mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade, por isso a importância desse projeto. Decidimos trazer isso para livrarias e espaços culturais, convidar a todos a nos acompanharem nas leituras de obras escritas por mulheres, de clássicas a contemporâneas.

Site / Facebook

Você pode gostar também de

Comentários 5

  • Isabela Libório

    9 de dezembro de 2015

    Responder

    Que demais esse projeto, Jen! Parabéns, uma ótima iniciativa. Me interessei, vou tentar ir no evento 😀

  • Luiza Peixoto

    14 de dezembro de 2015

    Responder

    Estava pensando justamente isso agora, que aqui em Salvador poderia ter algo do tipo…começei a pesquisar e achei essa notícia maravilhosa. Eu vou! 🙂

Deixe uma resposta