Ela quer tudo

Ela quer tudo (She’s Gotta Have It), série da Netflix, é uma releitura contemporânea do filme homônimo de 1986 de Spike Lee. Com dez episódios, a produção traz como personagem principal a artista do Brooklyn Nola Darling (DeWanda Wise).

De primeira a série pode parecer uma comédia romântica que terá como foco os relacionamentos de Nola com seus três namorados: Greer Childs (Cleo Anthony), Jamie Overstreet (Lyriq Bent) e Mars Blackmon (Anthony Ramos). Mas Ela quer tudo fala sobre Nola Darling, uma mulher que não é doida, nem viciada em sexo e muito menos propriedade de alguém.

Nola busca viver da sua arte e não se deixa oprimir por conta do racismo e cultura machista. Ela quer tudo e do seu jeito e quem quiser conviver com ela precisa aceitar isso. Não é ser narcisista, nem egocêntrica, nem maluca, ou ninfomaníaca, é ser dona da sua vida, do seu corpo, da sua sexualidade. E como Nola mesmo diz, seja lá o que você acha sobre as verdade pessoais dela, o problema é seu.

A arte de Nola é seu trabalho, mas acima de tudo é seu manifesto, seu modo de viver, ser, estar no mundo. E na série vemos a artista colocar pra fora seus medos e enfrentar situações difíceis através da sua produção artística. E assim traz discussões pertinentes como a questão do assédio diário que as mulheres sofrem nas ruas, a violência sexual e preconceito racial. E além de tudo isso, o seriado toca em outros assuntos apropriados pros dias atuais, a exemplo da ditadura da beleza, poliamor e pansexualidade.

Ela quer tudo ainda tem como uma grande vantagem a trilha sonora recheada de jazz, R&B e rap, com músicas de Frank Sinatra, Brian McKnight, Daddy Yankee, Stevie Wonder e Meshell Ndegeocello. Aliás a música é uma personagem marcante na série porque através dela mensagens também são passadas. A produção do seriado também tem presença significativa porque é um pouco diferente, às vezes parece um documentário sobre a vida da Nola, em outros momentos segue apenas com uma série de TV, o que deixa tudo mais dinâmico.

Os três namorados de Nola possuem personalidades diferentes, juntos em um só corpo seriam o namorado perfeito. Eles só têm um problema: querem ser donos dela. E assim são machistas, cada um a sua maneira. Só que Nola Darling quer tudo mas não só para ela, para todos. Como ela mesma diz, em um brinde com suas amigas, liberdade e justiça para todos.

Espalhe “Série – Ela quer tudo” por aí! 😉

Você pode gostar também de

Comentários 4

    • Jeniffer Geraldine

      12 de dezembro de 2017

      Responder

      Super recomendo! Espero que goste.
      bjão

  • Maria Ferreira

    10 de Janeiro de 2018

    Responder

    Essa série foi uma das melhore que vi nos últimos tempos!
    Amei demais a Nola, a força e a determinação dela, como também a trilha sonora, principalmente “Hula Hoop” <3

    • Jeniffer Geraldine

      10 de Janeiro de 2018

      Responder

      Também adorei a série. E já quero uma temporada nova.
      bjão

Deixe uma resposta