Quero te contar das coisas que aprendi nos discos e o que eu vivi

Já faz tempo que estou com a música Como nossos Pais na cabeça. Eternizada na voz de Elis Regina, a canção composta por Belchior marcou uma geração e ainda faz sentido para muita gente. Eu amo demais.

Como nossos pais me faz pensar sobre muitas questões da vida, mas nos últimos dias ela tem me feito pensar sobre a minha versão produtora de conteúdo para internet. Pois é, loucura da minha cabeça fazer ligação entre uma música e o blog/canal. Ou não tão loucura assim.Continue lendo

Você decide #1

Hoje tem estreia do VOCÊ DECIDE.

A ideia é que você me ajude a escolher a próxima leitura e também o que devo ver em série, filme e documentários para depois conversarmos sobre.

 

LIVRO: O que é lugar de fala? (Djamila Ribeiro) OU Feminismo em comum (Marcia Tiburi)

FILME: Tão forte e tão perto OU Eu, Daniel Blake

DOCUMENTÁRIO: Humano, uma viagem pela vida OU What happened, Miss Simone?

SÉRIE: Pequenas grandes mentiras OU This is us

 

 

Projetos para 2018

Por aqui tenho algumas novidades para quem me acompanha e fiz um vídeo contando um pouco de tudo que você vai encontrar no blog/canal ao longo de 2018.

 

LITERATURA

Leia mulheres | Biblioteca feminista
Letras da Bahia
E para esse início de ano, estou com dois projetos de leitura compartilhada, o Lendo Frida de Boa e o Uns e outros.
Novidade para conteúdo
Diário de leitura: para comentar as 2 ou 3 últimas leituras
Na cabeceira: para comentar sobre as leituras em andamento e mostrar os livros novos

FILMES

1 doc por semana
1 filme por semana
#52filmespormulheres
Novidade para conteúdo
CINELOG: para comentar os 2 ou 3 filmes vistos

SÉRIES

Não há um projeto específico.
Novidade para conteúdo
 Seriando: para comentar as 2 ou 3 últimas séries vistas

PARA LER E VER NO FINAL DE SEMANA

Dica rápida de leitura e filme/série/documentário

PROJETO #100em1

A proposta é visitar 100 lugares novos em 1 ano. Ou revisitar algum lugar que fui há muitos anos. Eu vi no blog da Bruna Morgan, mas a ideia veio do blog O Pequeno Lírio, da Claudia.
Para esse projeto devo fazer mais posts no blog porque é mais fácil tirar fotos em lugares públicos do que filmar, pelo menos pra mim. Mas sempre que tiver a oportunidade de gravar um vlog, com certeza farei.

CRÔNICAS

Uma das minhas metas pessoais do ano é voltar a escrever crônicas, algo que amo muito.

NEWS DA JENI

A proposta da news é a mesma do blog, compartilhar dicas de filmes, séries, livros e bater um papo sobre a vida.

NOVA IDENTIDADE VISUAL DO GERALDAS

Desde o final do ano passado que o blog está passando por uma reforma. Comecei mudando o layout. E foi bem engraçado porque eu estava com a ideia fixa de escolher um layout minimalista, oldschool e tal, achei o que estava na minha cabeça mas meu coração bateu mais forte por um de grid, que a Ana, do Ponto para ler, chamou carinhosamente de bagunça organizada e eu super concordei porque realmente é, e também porque eu sou meio que isso também. hahaha
O Luke, do Um Café com Luke, disse que ficou parecendo uma revista interativa. Achei uma ótima definição. Ainda estou reformando porque pretendo mudar a marca e toda identidade visual das redes sociais. E já quero agradecer a galera que atura as minhas loucuras: Anne, Marcio Melo (do Pocilga), Ana, Luke e o Thiago Rasta.

Espalhe “Projetos para 2018” por aí! 😉

[SNT #7] Hey, Kids!

Para as crianças, o dia 12 é uma data para se divertir e ganhar presentes. Para as crianças crescidas, a data é meio nostálgica. É o momento para relembrar as histórias da infância, os brinquedos favoritos, ri das fotos nos álbuns da família – e mostrar toda fofura que você foi nas redes sociais – e também relembrar os livros que nos tornaram leitores, as séries e os filmes que marcaram uma época. Nossa, impossível esquecer de todos os filmes de Esqueceram de Mim, de todos os gibis da turma da Mônica, das séries Felicity e Veronica Mars, da novela Malhação e todos os filmes da Sessão da Tarde, da Rede Globo #SaudadesAnos90.Continue lendo

[SNT #6] Livros & Filmes

Quem nunca disse coisas do tipo: “o livro é muito melhor que o filme”, “nossa, acabaram com o personagem no filme”, “o filme é bom, mas leia o livro”? A gente não perde a mania de comparar livros e filmes. Mas muita gente esquece que quando um livro (texto) é traduzido para a linguagem cinematográfica, ele precisa se adequar às características daquela linguagem e isso envolve estética, roteiro, financiamento… [Dá um google em tradução intersemiótica para entender um pouco mais. Prometo que volto para falar melhor sobre o tema! 😉 ]

Eu sou apaixonada por livros e filmes. Há livros que quando termino a leitura,  fico pensando que daria um excelente filme. E fico super feliz quando um livro preferido vai para as telas. Confesso que gosto sempre de ler antes de ver, mas há algumas narrativas que eu fiquei satisfeita apenas em assistir, como exemplos: a trilogia Jogos Vorazes, Senhor dos Anéis, Harry Potter e, para falar também de séries, Guerra dos Tronos. Me recusei a ler 50 tons de cinza, mas fui conferir no cinema e #confessoque não achei tão ruim assim.Continue lendo

[SNT #5] Super Detetives

Para começar a falar sobre detetives é importante mencionar o escritor, poeta e crítico literário Edgar Allan Poe, considerado o criador do gênero ficção policial. Em 1841, Poe escreveu o conto “Os assassinatos na Rua Morgue”, em que conhecemos o primeiro detetive da ficção, C. Auguste Dupin. Além desse conto, Dupin aparece em apenas mais 2: “Mistério de Marie Rogêt” e “A carta roubada”.

Depois de Dupin muitos outros detetives surgiram em livros, filmes, séries e quadrinhos pelo mundo inteiro. O mais famoso deles, Sherlock Holmes, foi criado pelo médico Sir Arthur Conan Doyle. Sir Arthur formou-se em medicina em 1885 e praticou o ofício até 1891. Também em 1885 começou sua carreira de escritor e dois anos depois, em 1887, publicou na revista Beeton’s Christmas Annual o Um estudo em vermelho, o primeiro romance com o detetive Sherlock Holmes e seu parceiro, Dr. Watson.Continue lendo

[SNT #4] Los vecinos

Certa vez um amigo me indicou o filme Medianeras. Disse que era uma produção argentina excelente e que eu iria gostar. Ele estava certo. De início, confesso, achei bem estranho o sotaque. Mas fiquei envolvida pelo enredo e acabei achando tudo maravilhoso e até um pouco familiar. A partir daí comecei a prestar mais atenção nos filmes argentinos e descobri que Ricardo Darín era o ator mais popular da Argentina e que fazia as mulheres suspirarem pelas bandas de lá. E logo depois me peguei suspirando por ele no filme El mismo amor, la misma lluvia.

Pronto! Estava envolvida pelo cinema argentino e curiosa para descobrir mais produções dos nossos vizinhos. Foi quando o chileno Alejandro Zambra apareceu no Brasil com seus livros Bonsai, A vida privada das árvores e Formas de voltar para casa (todos publicados pela Cosac Naify). Li Bonsai e nossa, que maravilha! Me apaixonei pelo Zambra. Li Bonsai duas vezes seguidas. Muito amor, gente! E ainda tem o Mario Vargas Llosa e seu Travessuras da Menina Má, um dos meus livros favoritos da vida. Nossos vizinhos são maravilhosos e, futebol à parte, vale super a pena apreciar.Continue lendo

[SNT #3] 70 anos do fim do holocausto

Em  2015 o mundo lembra os 70 anos do fim do holocausto, um dos períodos mais horríveis da história mundial. No dia 27 de janeiro de 1945 as tropas soviéticas chegaram para acabar com as atrocidades sofridas pelos judeus e demais povos presos em Auschwitz, o maior e mais terrível campo de concentração da época nazista. Estima-se que um milhão de pessoas não saíram vivas de lá. Foi uma fase de intolerância e muito sofrimento. Hoje a data, 27 de janeiro, é considerada o dia internacional da lembrança do holocausto.

Mas apesar de tudo algumas pessoas sobreviveram e contaram ao mundo suas histórias e a de seus familiares e amigos. A 3ª edição do SNT vai trazer algumas das produções que retratam o período nazista. Em vídeo comento sobre O diário de Anne Frank, livro que conta a história de uma adolescente judia que morreu aos 15 anos. Anne ficou famosa no mundo inteiro e até hoje emociona a todos com seus relatos sobre a época em que viveu escondida com a família para tentar fugir dos alemães.Continue lendo

[SNT #2] O amor está no ar!

Vivemos dias em que o mais puro dos sentimentos, o amor, parece ter entrado para lista dos pecados capitais. Dias estranhos esses…

Mas enquanto muitos se incomodam com a felicidade alheia, muitos outros fazem questão de amar  tudo que há para amar. Amores exagerados, amores leves, paixões cruéis desenfreadas, amor puro e simplesmente amor.

Amar passou a ser uma atitude de coragem. Então, sejamos todos corajosos!

Para comemorarmos a semana do dia dos namorados, o tema do SNT #2 é “O amor está no ar!”. No texto Um amor extra forte, por favor! comento sobre quatro livros que não falam do amor romântico, mas que nos tiram o fôlego por mostrar relações com altos e baixos, desilusões, renúncias, escolhas e consequências.

O colaborador Maurício Pascoal indica três leituras  sobre jovens amores. São aqueles livros que temos vontade de sair abraçando os personagens a cada capítulo. Já Anne Karoline estreia sua coluna TV Addicted com 12 filmes que falam de amor da forma mais pura. No canal do YouTube, comento sobre os meus casais favoritos da ficção. E interrompemos nossa programação para que Eloy Vieira falasse sobre a nova série da Netflix, Sense8, que apesar de ser Sci-Fi, tem muito amor envolvido. Para finalizar o SNT#2,  Alan Nardi conta o que achou sobre o romance gráfico da Francesa Julie Maroh, Azul é a cor mais quente, e Caroline Varella lista 12 músicas brasileiras pra fazer você se reapaixonar.

 

Bom amor para vocês! 💘

[SNT #1] Leia Brasileiros!

No Brasil temos a mania infeliz de achar que nossa cultura não é tão boa quanto a de outros países. Como dizem por , temos o complexo de vira-lata. Falta otimismo. Falta orgulho. Ok. Temos nossos problemas, nossas falhas. Mas não precisamos sempre colocá-los em primeiro lugar… É um pouco sobre isso que comento no primeiro post do tema da semana, Vamos ler brasileiros.

Desde 2014, tenho como meta de leitura ler mais brasileiros e já conheci vários autores interessantes que tive, inclusive, a oportunidade de trocar mensagens nas redes sociais, um deles é o escritor Anderson Henrique que topou responder algumas perguntas sobre o cenário atual da literatura no Brasil. Como a minha intenção nessa primeira edição do SNT é incentivar a leitura de autores brasileiros, principalmente os contemporâneos, fiz uma lista com alguns dos meus livros preferidos e uma vídeo-resenha do livro Luzes de emergência se acenderão automaticamente, da Luisa Geisler. E caso você não seja tão chegado a uma leitura, separei alguns filmes e séries que são baseados em livros. Para fechar nossa semana “Leia Brasileiros”, Alan Nardi, novo colaborador, estreia sua coluna “Hell’s Kitchen” com a HQ Dois Irmãos, de Fábio Moon e Gabriel Bá.

 

Boa semana! 😉