Diário de leitura – Pessoas Normais

A leitura da vez é o famoso Pessoas Normais.

Eu fico adiando a leitura de alguns livros que estão no hype. Faço o mesmo com as séries e filmes. É tanta gente comentando que tenho a sensação que já sei de tudo. Espero a poeira baixar para ler ou ver. Às vezes a poeira baixa demais e eu até esqueço. Mas dessa vez vou precisar ler porque é o livro de novembro do @clubedolivro_alagoinhasba. Depois pretendo ver a série também.

A última ficção que li foi em setembro (bem no início). Li Canção de Ninar – outro que ficou famoso, eu esperei a poeira baixar, e acabei esquecendo. Só que li por causa do #PactoLiterário e não conseguia parar. O mesmo está acontecendo com Pessoas Normais. Não quero parar de ler e fico com aquela vontade louca de estender o tempo de sol & leitura – vou torrar (rs).

Eu adoro quando a leitura tem esse efeito em mim. Sinto como se fizesse parte da história. Ou então é aquela sensação de uma boa fofoca contada – e aí o que veio depois? Conta logo! Mas com detalhes! 

Compartilhe:
Escrito por Jeniffer Geraldine
jornalista, criadora de conteúdo, mestranda em crítica cultural