Como vou me organizar em 2020

Eu acredito que ser organizado é deixar a rotina mais leve. Óbvio que tudo pode sair do controle algumas vezes, mas se temos um método de organização consistente, a gente consegue voltar ao eixo muito rápido. 

Eu uso dois sistemas de organização: o GTD e o Vida Organizada. Não sigo à risca os dois, mas depois de alguns testes, consegui adaptá-los à minha rotina e deixá-los do meu jeitinho. E eu acredito que é isso que devemos fazer com qualquer método e ferramenta: testar, adaptar e formatar de acordo com nossa rotina e com o que funciona para nós.

Com esse pensamento em destaque, hoje vou compartilhar como eu pretendo me organizar em 2020. 

Ouça o conteúdo:

EVERNOTE

Registro, planejamento e arquivo 

O Evernote é a minha ferramenta preferida para: 

Registrar o ano – notas sobre a vida, anotações sobre livros, filmes e séries e metas do ano novo; 

Planejamento – todo tipo de planejamento eu faço na ferramenta – projetos, estudos, viagens e conteúdo; 

Arquivo – é no Evernote que eu guardo todo conteúdo que encontro na internet e acho relevante para pesquisa, salvo também referências para pautas de conteúdo e arquivo documentos pessoais e profissionais importantes.

BULLET JOURNAL

Anotações, tarefas diárias, journaling, commonplace book

Eu uso o bullet journal de forma bastante minimalista e adaptada. Às vezes até acho que não deveria chamar de bullet journal mas eu gosto de chamar assim. Faço meu bullet journal com os produtos da Acraft para:

Journaling – escritos sobre a vida, o famoso diário; 

Anotações do mestrado em sala de aula (tem vídeo);

Commonplace book – caderno para escrever sobre livros, filmes, séries e rascunho de crônicas e publicações; 

Tarefas diárias – quando sinto necessidade de fazer uma lista no papel, uso os caderninhos.

MICROSOFT TO DO

Lista de próximas ações

Microsoft To Do é a minha atual ferramenta queridinha. Uso para criar minha lista de próximas ações de projetos, tarefas diárias, tarefas semanais. Quando não faço a lista de tarefas diárias no bullet journal, faço no Microsoft to do. 

A ferramenta permite que você crie grupos e listas. Os grupos para mim são áreas da vida ou projetos. Tenho, por exemplo, um grupo para 2020 e as listas são cada mês do ano com as minhas metas pessoais. Outro grupo é o CULT, em que listo os filmes, séries, livros, documentários. Mas aqui eu não coloco os que vi, apenas o que quero ver. Sabe quando você pega uma dica legal de série na internet e, às vezes não quer esquecer, é aqui que coloco.

GOOGLE AGENDA

Eventos, compromissos, lembretes 

Minha agenda é o Google Agenda. Nela registro todo compromisso e evento com data e hora marcadas. E também uso a técnica de bloco de tempo. Fecho bloco de horas na agenda para me dedicar a alguma tarefa, como por exemplo leituras. Faço isso porque entendo que também é um compromisso que quero cumprir na semana. Uso bastante o Google Agenda para lembretes diários. Isso me ajuda muito a não esquecer algumas tarefas porque para cada lembrete você pode criar uma notificação. 

No Google Agenda é possível também criar diferentes agendas. Utilizo esse recurso para separar os compromisso por áreas da vida, algo que faço em todas as ferramentas e que aprendi com o GTD. Além de separar por áreas, uso também o sistema de código de cor para poder identificar rapidamente de que área aquela tarefa pertence.

PLANNER 2020

Quem me acompanha há alguns anos sabe que sempre produzo um planner do blog para disponibilizar gratuitamente. Em 2020, a parceria continuou firme e forme com Anne Karoline e Marisa Novaes, minhas amigas das artes. O planner está disponível no blog para download e, modéstia a parte, está lindo! Uso a parte mensal como planner de mesa. E faço uma versão impressa e simplificada da minha agenda do Google. Costumo também colocar o conteúdo do dia. E uso o mesmo sistema de código de cor. 

>> Baixe o planner 

UMA MANIA – CADERNO DE RASCUNHO

Na minha mesa de trabalho sempre deixo um caderno de rascunho. É um espaço para fazer anotações rápidas e, de certa maneira, descartáveis no dia a dia. Por exemplo, estou numa ligação, vou lá e anoto alguma informação importante no caderno de rascunho. E depois passo a informação para o lugar certo dela, agenda ou Evernote. 

Essas são as ferramentas que utilizo desde 2019 e pretendo usar em 2020 para me organizar. É um sistema bastante pessoal, mas que traz um pouco do Vida Organizada, GTD e Bullet Journal. O importante não é ter uma ferramenta, ser digital ou papel, o que mais interessa é ter um sistema. A ferramenta vem depois e pode mudar.

Você utiliza alguma dessas ferramentas? Tem alguma que você quer saber mais um pouco de como eu utilizo? Vamos conversar nos comentários sobre organização para 2020.

Conteúdo em vídeo: