Commonplace book | Caderno de referências 2018

Apesar de amar as ferramentas digitais, como o Evernote e o Google Drive, eu ainda sou uma pessoa muito ligada ao papel e o ato de escrever à mão.

Sendo assim, sempre usei um caderninho para anotar as ideias, comentários, resumos e fichamentos dos livros, filmes e séries que costumo ler/ver. E também faço anotações das palestras e cursos que participo.

Em 2017, passeando pelo blog da Thais Godinho, o Vida Organizada, que pra mim é referência nos temas organização e produtividade, encontrei o termo Commonplace book, ou como a Thais chamou Caderno de referências. Ou seja, o meu caderninho para anotações sobre os comentários do que leio e vejo por aí tem um nome e é uma ferramenta antiga para registro de conhecimento.

Commonplace books são basicamente livros ou cadernos criados por uma pessoa onde ela anota ou registra trabalhos de outros, porém com suas próprias palavras, junto com observações pessoais de aprendizado. São basicamente uma maneira de agrupar conhecimento “pessoal” usando um mesmo caderno…

A estrutura do Commonplace book é bem simples. E você pode usar tanto um caderno, como qualquer ferramenta digital. Em 2018, quero continuar usando o caderno de papel porque para mim funciona melhor.

Vou estruturar meu caderno de referências conforme as imagens abaixo:

  1. Capa: quando finalizar o caderno vou colocar o período que passei utilizando, exemplo: 04/01 a 04/06/2018
  2. Índice: para organizar os temas e facilitar a pesquisar depois
  3. Página de registro: categoria, assunto, data
  4. Final de cada página: numeração

E você também já fazia algo semelhante? Me conte nos comentários! 😀

 

Espalhe “Commonplace book | Caderno de referências 2018” por aí! 😉

Você pode gostar também de

Comentários 8

  • Kitty

    5 de janeiro de 2018

    Responder

    Eu fiz um esse ano q tem de tudo: filmes, finanças, festas, leituras, restaurantes e comidas novas (sou gulosa, sou dessas! Kkkkk) e no final fiz o mês a mês pro diário. Demorei uns 3 dias fazendo pq ainda imprimi um monte de imagem. Tá muito fofo! Meu orgulhinho!

    • Jeniffer Geraldine

      5 de janeiro de 2018

      Responder

      adorei! é tão legal fazer, né?! hahaha a gente se empolga! bjão

  • Ingrid Cristina

    8 de janeiro de 2018

    Responder

    Oi Geraldine!
    Sabe que eu estava na mesma que você? Eu também já fazia esse tipo de caderno, só não sabia que tinha um nome para isso. Também descobri lá no site da Thais, no finalzinho de 2017. Além de trazer o caderno para essas finalidades, empreendi o projeto de aprender uma palavra nova por dia e estou anotando lá. Adorei a sua matéria e como ela ficou explicadinha.

    Cris
    Blog Catarse Literária

    • Jeniffer Geraldine

      9 de janeiro de 2018

      Responder

      Oie, Cris!
      Muito legal, né?!
      Bom te ver por aqui!
      bjão

  • Lua

    8 de janeiro de 2018

    Responder

    Adorei!
    Faço isso, mas só que na minha agenda

    • Jeniffer Geraldine

      9 de janeiro de 2018

      Responder

      É uma boa opção também!
      bjão

  • Bruna Morgan

    9 de janeiro de 2018

    Responder

    Eu tinha um caderninho assim quando era mais nova, porém fui me deslocando para os apps huahuahu o ruim é quando preciso de referências e a internet não pega :c

    • Jeniffer Geraldine

      9 de janeiro de 2018

      Responder

      apps são ótimos mas ainda sou apegada ao papel. não tem jeito rs

Deixe uma resposta