As coisas boas de abril/2017

E lá se foi abril, o mês do BEDA e de algumas vontades de mudança.

Já tem um tempo que comento sobre mudanças, de não se acomodar ao que incomoda, de ser quem você quer ser e não o que os outros esperam. Bem, aplicar tudo isso requer prática e coragem. Prática, no sentido de estabelecer metas e cumpri-las. E coragem no sentido de enfrentar todos os medos, obstáculos, autossabotagem e procrastinação. Não dá pra querer mudanças sem saber para onde se quer ir e sem ter coragem para ir. Desejos para maio: foco e coragem para todos nós.

E vamos as coisas boas de abril/2017 porque é recapitulando o mês que a gente agradece e se anima para o que chegou:

Li 4 livros

Das leituras do mês, duas foram sobre desenvolvimento pessoal: Pequenas atitudes, grandes mudanças fala sobre como as microrresoluções podem mudar as nossas vidas. #GIRLBOSS conta a história de Sophia Amoruso e nos dá dicas para ser empreendedora. O Ferrugem, do carioca Marcelo Moutinho, foi para os projetos #LeiaBrasileiros e “Lendo mais contos”. E Charlotte foi a grande surpresa do mês. Um livro com a história de uma pintora morta grávida em Auschwitz.

Vi 3 filmes, 1 documentário e 2 séries completas

Os filmes foram: Jane Eyre, O morro dos ventos uivantes (ambos para Sessão romances clássicos na Netflix) e Requisitos para ser uma pessoa normal – filme espanhol super fofo disponível na Netflix e que vai quebrar aquele estereótipo de que ser feliz é seguir um padrão ditado pela sociedade. É levinho, simples e a gente termina com um sorriso bobo no rosto.

O documentário foi o maravilho Minimalism: um documentário sobre as coisas importantes. Super indico porque nos faz pensar sobre consumo exagerado. As séries: a polêmica 13 reasons why, que eu considero um alerta para sociedade sobre bullying e suicídio entre jovens. E Las Chicas del Cable, série espanhola que se passa em 1928. Tem um pouco de feminismo, romance e drama. Amei demais e em breve comento aqui no blog.

O dia em que eu recebi um livro enrolado numa fralda jamais será esquecido

O grupo Editorial Record fez um marketing editorial bem divertido para divulgar o livro O casal que mora ao lado. Sensacional, né?! Eu super quero ler esse livro para entender a referência. 😀

Agora o blog tem marcadores lindos com algumas das minhas frases

Amor demais! Logo logo vou sortear alguns. A arte foi feita por Anne Karoline.

BEDA: 25 posts de 30

Apesar de não ter produzido os 30 posts do mês e não ter conseguido entregar os 3 vídeos no canal, o BEDA foi super positivo. Avaliei meu processo de produção e tirei algumas informações boas que podem me ajudar a otimizar a produção do blog sem afetar a entrega, sem me deixar louca e sem tirar o prazer de ter um blog. Para os próximos meses, estou me organizando para ter post de segunda a sexta, sempre às 8h. E 1 vídeo no canal, com possibilidade de 2. Quero muito trazer o Vlog de boa de volta aos domingos lá no Canal.

Espero sua companhia em maio e te desejo um mês com muito foco e coragem! 😀

Não perca as atualizações do blog:

Espalhe “As coisas boas de abril/2017” por aí! 😉