Outra volta do parafuso – Henry James

Acredito que devo iniciar esse texto dizendo que A outra volta do parafuso, livro que vou falar hoje, não é a continuação de A volta do Parafuso, eles são o mesmo livro, só que com título traduzido de formas diferentes. Mas vamos ao enredo…

Uma governanta, também narradora da história, que não sabemos o nome é contratada para cuidar de duas crianças, cujos pais já morreram e que o tio tornou-se o tutor. Ao contratá-la, o empregador deixa claro que não deve ser incomodado em hipótese nenhuma, e que tudo relacionado às crianças deve ser resolvido por ela.Continue lendo

Ana e Pedro – Cartas

Sim, outubro é o mês do horror, mas também é o mês das crianças e como boa medrosa que sou não vou me arriscar muito na literatura de terror e decidi ler uns livros infantojuvenis e é sobre um destes que quero falar hoje com vocês, Ana e Pedro – Cartas (Editora Atual).

Este é um dos livros que li na minha época de escola e me recordava pouquíssimo sobre ele, minha amiga que me presenteou havia dito que é um livro de cartas, e eu adoro livros epistolar, já até li e reli um outro (que devo contar em breve para vocês), mas este é completamente diferente, pois não existe qualquer interferência de narradores, o livro é todo composto apenas por cartas. Vamos tomando conhecimento da história e da vida dos personagens através das correspondências que acontecem entre os dois.Continue lendo

Para onde vai o amor? – Fabrício Carpinejar

Para onde vai o amor? é o mais novo trabalho de Fabrício Carpinejar publicado pela Bertrand Brasil, e logo na terceira página lemos: Para onde vai o amor – crônicas de fossa, só por isso já conseguimos adivinhar o que vem por aí.

Eu já conhecia a escrita de Carpinejar e já tinha uma verdadeira paixão por ela, mas este livro reúne uma temática que eu amo muito. São 58 crônicas que falam sobre o amor em todas as suas facetas, ou seja, o início, durante e o final, e encontramos também até aquela coisa do sentimento de vingança, quando somos rejeitados. E todos estes textos são compostos de muita poesia, já que a escrita do autor já tem esse tom poético – pelo menos é o que ele me passou durante os outros livros que li.Continue lendo

[Livro & Filme] O Leitor

Já havia ouvido falar do filme O Leitor, mas somente tomei conhecimento de que ele foi inspirado em um livro na minha primeira visita à Biblioteca Pública de Minas Gerais. Naquela época fiquei com vontade de ler, mas deixei para depois e este ano recebi o livro de presente de uma amiga.Continue lendo

Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva

– Aí, Gregor, vou descobrir o tesouro que você escondeu aqui embaixo, seu milionário disfarçado.

Pulei com a pose do Tio Patinhas, bati a cabeça no chão e foi aí que ouvi a melodia: biiiiiiin.

Estava debaixo d’água, não mexia os braços nem as pernas, somente via a água barrenta e ouvia: biiiiiiin.

Continue lendo