Skip to content →

7 comédias românticas imperdíveis na Netflix

Filmes de comédia romântica tiveram seu auge nos anos 90, com Meg Ryan e Julia Roberts ahazando com o coração das pessoas, com seus filmes leves, super românticos e totalmente irreais (vamos combinar).

Todo filme de CR segue sempre o mesmo roteiro: garota conhece garoto, mas não podem ou não querem ficar juntos, depois resolvem ficar juntos de qualquer jeito. Algo dá errado, eles se separam, “do nada” descobrem que tudo não passou de um mal entendido e vivem felizes para sempre, amém!

Mesmo sabendo dessa fórmula e tendo assistido mil vezes, esses filmes continuam aquecendo os nossos corações. E hoje, com a Netflix, reviver essas comédias ficou bem mais fácil. Menos por um ponto, com aquele catálogo gigante, O QUE ASSISTIR?? Bom, para você não perder horas dando scroll na lista de filmes, resolvi separar 7 comédias românticas que considero essenciais e que estão disponíveis lá no catálogo (faltou várias da minha lista inicial, tem que ver isso aí Netflix!).

Essa lista é baseada na minha opinião e a divisão dos filmes, como não consegui fazer por preferência, resolvi fazer por data de lançamento.

Bonequinha de Luxo – Breakfast at Tiffany’s (1961)

Holly Golightly (Audrey Hepburn) é uma garota de programa nova-iorquina que está decidida a casar-se com um milionário. Perdida entre a inocência, ambição e futilidade, ela toma seus cafés da manhã em frente à famosa joalheria Tiffany’s, na intenção de fugir dos problemas. Seus planos mudam quando conhece Paul Varjak (George Peppard), um jovem escritor bancado pela amante, que se torna seu vizinho, com quem se envolve. Apesar do interesse em Paul, Holly reluta em se entregar a um amor que contraria seus objetivos de tornar-se rica.

Uma linda mulher – Pretty Woman (1990)

Magnata perdido (Richard Gere) pede ajuda à uma prostituta (Julia Roberts) que “trabalha” no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão/empregado se modifica para um relacionamento entre homem e mulher.

10 coisas que odeio em você – 10 Things I Hate About You (1999)

A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve custear Patrick Verona (Heath Ledger) na tentativa de fazer com que Katharina se apaixone por ele.

Louco por você – Down to You (2000)

Al (Freddie Prinze Jr.) e Imogen (Julia Stiles) são estudantes da Universidade de Nova York e se conhecem num bar, onde se apaixonam perdidamente. Al é um aspirante a chefe de cozinha que tem como pai um astro da televisão. Já Imogen é uma aspirante a artista gráfica. O relacionamento entre eles se desenvolve ao longo de três meses, quando decidem levar o namoro a outro nível de comprometimento um com o outro

De Repente é Amor – A Lot Like Love (2005)

Oliver (Ashton Kutcher) e Emily (Amanda Peet) se conhecem em um vôo que cruza os Estados Unidos. Ele é um recém-formado que procura seguir um cronograma rígido para sua vida, de forma que consiga alcançar o sucesso profissional o mais rapidamente possível e também encontrar o amor de sua vida. Já ela é espontânea e indisciplinada, do tipo que prefere ver aonde a vida leva ao invés de fazer planos para o futuro. Oliver e Emily imediatamente sentem atração um pelo outro, mas as características de ambos são incompatíveis. Durante os 7 anos seguintes eles se encontram periodicamente, mas tudo parece conspirar para que eles sempre estejam separados.

Tudo acontece em Elizabethtown – Elizabethtown (2005)

Drew (Orlando Bloom) acaba de perder seu emprego e sua namorada. Nesse momento, ele toma conhecimento da morte de seu pai e é forçado a lidar com as questões formais do enterro, que o obriga a ir para a pequena cidade onde vivia. Essa viagem proporcionará um reencontro de Drew com suas origens e consigo mesmo.

Sexo Sem Compromisso – No Strings Attached (2011)

Adam (Ashton Kutcher) ainda sente o fato de ter sido chutado por Vanessa (Ophelia Lovibond), sua namorada por oito meses. Para piorar a situação, descobre que ela é a nova namorada de seu pai, Alvin (Kevin Kline), um astro da TV. Desejando esquecê-la e seguir em frente, ele fica bêbado e, em seguida, liga para todas as mulheres que tem no celular, no intuito de encontrar companhia. Quem responde o apelo é Emma (Natalie Portman), uma jovem médica com quem encontrou algumas vezes, anos atrás. Adam vai à casa dela e eles acabam transando. Como Emma não deseja ter um relacionamento sério, já que teme sofrer, propõe a Adam que se encontrem tendo o sexo como único objetivo. Ele topa mas, com o tempo, novos sentimentos florescem entre eles.

 

Espero que vocês aproveitem a lista e se tiverem mais alguns para indicar, por favor, indiquem nos comentários. 😀

 

>> Todas as sinopses foram retiradas do Filmow

Publicado em Filmes

Um comentário

  1. Dessa lista só me falta ver Louco por Você, que nunca vi porque achei que era ruim.

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: